sexta-feira, 27 de março de 2009

Momento de Reflexão e de Ação

Hora do Planeta 2009.

O clip abaixo, da música Respire, vi pela primeira vez no blog do Nicholas.
Como ele mesmo classificou: "impactante".

Fala sobre a historia da humanidde e a necessidade de mudarmos nossas atitudes presentes.

Achei bastante pertinente para representar este momento de reflexão, no que concerne o ato "Hora do Planeta", que será realizado dia 28 de março, às 20h30.



http://www.youtube.com/watch?v=IEexx5BR5eY


Respire (
Mickey 3D )

Approche-toi petit, écoute-moi gamin,
Je vais te raconter l'histoire de l'être humain
Au début y avait rien au début c'était bien
La nature avançait y avait pas de chemin
Puis l'homme a débarqué avec ses gros souliers
Des coups d'pieds dans la gueule pour se faire respecter
Des routes à sens unique il s'est mis à tracer
Les flèches dans la plaine se sont multipliées
Et tous les éléments se sont vus maîtrisés
En 2 temps 3 mouvements l'histoire était pliée
C'est pas demain la veille qu'on fera marche arrière
On a même commencé à polluer le désert

Il faut que tu respires, et ça c'est rien de le dire
Tu vas pas mourir de rire, et c'est pas rien de le dire

D'ici quelques années on aura bouffé la feuille
Et tes petits-enfants ils n'auront plus qu'un oeil
En plein milieu du front ils te demanderont
Pourquoi toi t'en as deux tu passeras pour un con
Ils te diront comment t'as pu laisser faire ça
T'auras beau te défendre leur expliquer tout bas
C'est pas ma faute à moi, c'est la faute aux anciens
Mais y aura plus personne pour te laver les mains
Tu leur raconteras l'époque où tu pouvais
Manger des fruits dans l'herbe allongé dans les prés
Y avait des animaux partout dans la forêt,
Au début du printemps, les oiseaux revenaient

Il faut que tu respires, et ça c'est rien de le dire
Tu vas pas mourir de rire, et c'est pas rien de le dire
Il faut que tu respires, c'est demain que tout empire
Tu vas pas mourir de rire, et c'est pas rien de le dire

Le pire dans cette histoire c'est qu'on est des esclaves
Quelque part assassin, ici bien incapable
De regarder les arbres sans se sentir coupable
A moitié défroqués, 100 pour cent misérables
Alors voilà petit, l'histoire de l'être humain
C'est pas joli joli, et j'connais pas la fin
T'es pas né dans un chou mais plutôt dans un trou
Qu'on remplit tous les jours comme une fosse à purin

http://vagalume.uol.com.br/mickey-3d/respire.html



(Tradução: Nicholas)


Criança, chegue mais perto e me ouça
Eu vou lhe contar a história da humanidade

No começo não havia nada e tudo era bom
A Natureza cresceu e se espalhou
sem precisar de um caminho
Então o homem chegou com suas botas grandes
Dando chutes na cara da Natureza,
forçando respeito
Traçando estradas de mão-únicas
Multiplicando sinalizações pelas planícies
Dominando todas as forças da natureza
Num piscar de olhos, a história mudou
E nós não estamos nem perto
de reverter esta tendência
Nem começamos ainda a poluir o deserto

Você precisa respirar bem fundo, to falando sério
Você não vai morrer de rir, isso será bem triste

Em poucos anos, teremos cortado todas as árvores
E seus netos terão apenas 1 olho no meio da testa
E eles perguntarão "Porque você tem 2 olhos?"
E você vai ficar com cara de bobo
Eles perguntarão "Como você pôde ficar sentado?
Deixando isso acontecer?"
Você tentará se defender, explicando em voz baixa
"Não foi minha culpa, foi culpa dos meus ancestrais"
Mas ninguém poderá aliviar a sua culpa

Você vai contar a eles sobre os dias
em que comia frutas, nos campos verdes
Existiam animais por toda a floresta
Quando a primavera começou, todas as aves voltaram

Você precisa respirar bem fundo, to falando sério
Você não vai morrer de rir
pelo jeito, amanhã tudo ficará pior

A pior parte da história é que somos todos escravos
Um pouco assassinos, e aqui estamos, incapazes
De olhar as árvores sem sentir culpa
Como alguém sem calças, 100% miseráveis

Então é isso criança, esta é a história da humanidade.
Não é muito bonita, e eu não sei como termina,
Nós não nascemos numa horta de repolhos,
Mas num buraco, com alguém sempre enchendo de estrume.


3 comentários:

minha literatura agora disse...

Adorei seu blog.Parabéns.Um abraço do James.

Adelino disse...

Bete, extremamente criativa a sua postagem.
Um grande abraço.

Nina disse...

Demais Bete, apesar de triste! vou copiar sua ideia e colocar no blog tbm, tá??