sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Hoje é Dia de Cecilia

Blogagem coletiva organizado por Leonor do Na Dança das Palvras... .
Achei uma excelente iniciativa e para contribui r, escolhi o poema TIMIDEZ.
A autora fala sobre um amor que não se consuma pelo silêncio de um dos amantes, que opta por não revelar seus reais sentimentos.
A timidez realmente atrapalha os sonhos de muitas pessoas , que frustam-se e perdem inúmeras oportunidades, imposibiltando de galgar novos horizontes em todos os segmentos da vida.

Timidez

Basta-me um pequeno gesto, feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve...
- mas só esse eu não farei.
Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes...
- palavra que não direi.
Para que tu me adivinhes,
entre os ventos taciturnos,
apago meus pensamentos,
ponho vestidos noturnos,
- que amargamente inventei.
E, enquanto não me descobre
os mundos vão navegando
nos ares certos do tempo,
até não se sabe quando...
e um dia me acabarei.

Cecília Meireles, em desenho de Apard Szènes


10 comentários:

Georgia disse...

Oi, desta vez sem tempo para te ler. Mas estamos vindo aqui dar um alô de que a blogagem da Adocao comeca na Segunda-feira e termina no Sábado.

Escolhe por favor um dia para postar o seu texto e nos avise por favor.

Um abraco do Dacio
http://casadefestas.blogspot.com/

e da Georgia
http://blog-blogagem.blogspot.com/


***Ótima escolha, Bete.

EternaApaixonada disse...

*****

Hoje não farei nada mais que navegar pelos lindos mares e deleitar-me com as homenagens prestadas à querida poetisa!
Parabéns pelo lindo post! Ótima escolha que tanto exprime a obra de Cecília Meireles!
Grande abraço.

*****

Adelino disse...

Bete, a timidez faz com que não consigamos expressar nossos sentimentos. E as oportunidades se vão. Oportunidades que muitas vezes nos impõem uma perda. Perda de algo que nunca tivemos e que tanto amamos secretamente.
Um beijo. Feliz final de semana.

zany disse...

Bete, puxa até que enfim abriu a sua caixinha de comentários. Parabéns pela postagem da bela poesia em homenagem a grande Cecília!! Bjs!!

Sonia H. disse...

Bete,
Bela escolha. A timidez é uma espécie de muro que bloqueia o fluir da vida, não é.
Parabéns pela participação!
Beijos,

Eu, sem clone disse...

Timidez só dava nisso: em paixão platônica.
Ainda bem que, hoje, a turma expressa o que sente e vai em cima.
Linda poesia.
bjs

Luci Lacey disse...

Bete

O Adelino expressou muito bem.

Timidez,nos faz sentir impotentes e nos faz sofrer.

Cecilia, grande Cecilia.

Muito bom seu post.

Beijinhos

Sahmany disse...

Oi Bete,
boa semana pra vc.
Beijos.

Roseane, disse...

Muito bonito esses versos. Foi muito legal essa blogagem. Bjks e boa semana!!!

Leonor Cordeiro disse...

Querida Bete,

Fiquei muito feliz com a sua participação na blogagem coletiva HOJE É DIA DE CECÍLIA !
Obrigada por ter feito parte desse grupo que fez uma grande festa no dia 7 de novembro divulgando a vida e a obra da escritora Cecília Meireles.
Adorei conhecer você e o seu lindo blog.
Mil beijinhos!
Com carinho,

Leonor Cordeiro