terça-feira, 23 de setembro de 2008



Monumento Marco Zero do Equador : Construído para registrar a evidência geográfica da linha do equador, apresentando um obelisco representado por um relógio de sol. Está posicionado estrategicamente entre os hemisférios norte e sul

Macapá é a única capital brasileira cortada pela linha do Equador. Por conta disso, pelo menos duas vezes ao ano, os moradores da cidade têm o privilégio de assistirem ao fenômeno chamado de Equinócio - passagem do sol sobre a linha do Equador. Isto acontece nos dias 21 de março e 23 de setembro( podendo haver variação. Este ano ocrreu dia 22 de setembro), quando as noites e os dias duram exatamente 12 horas em qualquer lugar do planeta.

Em março, conhecido como equinócio da Primavera
ou Equinócio das Águas, devido a estação chuvosa que se justifica pelo aumento do nível das águas favorecido pela atração astral, e em setembro, chamado de equinócio de Outono.

A palavra vem do latim "aequinoctium", que quer dizer “dia igual a noite”. Representa a passagem do sol pelo Trópico de Câncer (Hemisfério Norte), atravessando a linha do Equador e indo incidir pelo Trópico de Capricórnio (Hemisfério Sul).

Leia mais: http://www.topgyn.com.br/conso01/amapa/conso01a05.php

Um comentário:

Adelino disse...

Bela aula, Bete. Nem gosto de ouvir falar do Marco Zero. Já te contei que estive em Macapá a serviço em 1968 e nos esquecemos visitá-lo? Somente quando estávamos no táxi já indo para o aeroporto foi que o motorista nos perguntou se tínhamos ido lá. Fiquei com uma pena danada.

Sobre a chegada da Primavera, uma sugestão: vá ao blog da Helô, Rio em Disco, e procure uma música chamada Primavera no Rio. É cantada pela. Dalva de Oliveira. Maravilhosa. Deveria ser o hino de nossa cidade.
Beijos. Feliz Primavera.