quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Faleceu o pai da Zany do Blog Cotidiano da Grande Família.
Abaixo a homenagem ao homem de "Ferro".
Que todos possam enfrentar esse momento com força, coragem e fé.

Retirado do Cotidiano:

Adeus meu Pai de Ferro!!
O Nosso Cotidiano está de luto. Meu pai José Veríssimo partiu para os braços do Senhor.
Em sua homenagem posto abaixo a singela poesia escrita pela minha mana Jane Maria. (Zany)



Meu Pai de Ferro

Quando chegou ao Amapá

De motorista trabalhou

Então conheceu Beatriz

E com ela se casou



Foi trabalhando muito

Que oito filhos ele criou

Além de bom motorista

Era um ótimo goleiro



Um homem abençoado

Que levava o andor

Na procissão de São Cristóvão

O seu santo protetor



Ainda como motorista

Na ICOMI trabalhou

Depois foi para AMCEL

Onde se aposentou



Por Ferro é conhecido

Era duro sim senhor

Era um homem musculoso

E também trabalhador



Ao voltar do seu trabalho

Corríamos a lhe encontrar

Ele carregava um no pescoço

Outro na palma da mão

Outro vinha dependurado

No dedo da outra mão



Os filhos agora crescidos

Não dão trabalho decerto

Quando não se preocupava com a Bia

Incomodava - se com os netos



Á tarde ele não deixa

De seu jornalzinho ver

Sentado ou deitado

Cochilava mais do que lia



Para manter a forma

Dançava e fazia musculação

Não queria perder o seu pique

E nem enferrujar não.



Mas Deus o queria lá

De nosso convívio o tirou

E o levou para o céu

Para com os anjos morar



27/01/2011 Jane (Morena –Jambo)

2 comentários:

Luís Coelho disse...

Um homem só morrem quando for esquecido por todos.

Paz à sua alma.

Zany Vasconcelos disse...

Bete, amiga, obrigada por seu carinho. Num momento como este o carinho dos amigos é muito importante para nos ajudar a superar a dor e a tristeza. Bjs e fique com Deus