sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

O perigo em “fazer” unhas.

Uma alerta : este foi o resultado do trabalho de manicure/pedicure em salão de beleza aqui em Macapá.

Os dedões dos pés da Monnya inspiraram cuidados.


E olha que nestas imagens, já se percebe uma melhora significativa no quadro inflamatório.
Acreditem, estava pior.
Está tudo bem. Foi medicada e a partir de agora, redobrar os cuidados com instrumentos que devem ser utilizados e a quem confiar pés e mãos.

5 comentários:

zany.zip.net disse...

Caraca, Bete que perigo hein!! Por quê que pra ficar bonita a gente precisa sofrer? Tenha uma ótima semana, com paz e alegria no seu lar. Bjs!!!

b disse...

Não posso estar omissa.
Conheci uma moça em S.Paulo capital, que por causa de um ferimento arranjado em pedicure, teve uma septicemia e simplesmente morreu.
Sejamos mais naturais!
Menos preocupadas com o que a nossa aparência vai refletir na opinião dos outros.
Unha é prá estar curta e limpa e só.
Cabelos, com um corte prático e limpos e só.
Vida mais livre.
A química que tem nas tinturas de cabelo causam câncer.
Sejamos naturais.
Bonitas, perfumadas, mas naturais.
Estaremos de bem conosco mesmas.
Boa sorte a todas.

Magui disse...

O segredo é você aprender a fazer , vc mesma.E nem é tão difícil que não valha a pena.

Adelino disse...

Bete, felizmente está melhorando.´
Todo o cuidado é pouco com inflamções nas unhas.
Tudo de bom. O segredo deve ser mesmo o "do yourself".
Beijos.

Nícholas Fernandes Gimenes disse...

Oi Bete! nossa que coisa.. eu sou meio desconfiado com dentista, médico... pedicure ainda não precisei ir não hahahaha..

bjos e tenha um ótimo final de semana! :)