sexta-feira, 18 de abril de 2008

Contra o Analfabetismo


Sinto-me feliz em poder participar dessa iniciativa: Blogagem coletiva contra o analfabetismo.
Parabenizar a todos e dizer que essa é uma luta de todos os dias, uma constante em busca da cidadania e da igualdade de oportunidade para todos.
A falta de escolarização continua sendo um dos mais graves problemas existente no Brasil, cuja evidência desponta desde o período colonial, contribuindo enormemente para a manutenção das desigualdades sociais.
Ana Maria Freire diz , os aspectos políticos, econômicos e sobretudo, ideológicos, constituem elementos viabilizadores da exclusão da maioria da população dos bens produzidos. Dessa forma, ao longo da história, vem sendo gerada uma sociedade não igualitária, visto que, os dominados são sujeitos à condição de excluídos, marginalizados e analfabetos. Assim, o papel das ideologias discriminatórias, elitistas e centralizadoras que criaram as proibições das presenças física e política da mulher, do negro e do índio, foi determinante para a produção do analfabetismo brasileiro.
Abraços a todos


O meu TCC do curso de Pedagogia está voltado para essa temática


2 comentários:

Georgia disse...

Bete, é uma vergonha que o ensino brasileiro esteja indo de mal a pior.

Obrigada pela participacao.

Valeu!

Grande abraco

evipensieri disse...

As escolas são mal cuidadas, os professores não são valorizados e as crianças muitas vezes vão à aula quase que por obrigação.

Uma pessoa analfabeta é um excluído social.

Elvira